Referênia: https://pt.wikipedia.org/wiki/PHP

 

PHP 5

Principais características

A linguagem PHP é uma linguagem de programação de domínio específico, ou seja, seu escopo se estende a um campo de atuação que é o desenvolvimento web, embora tenha variantes como o PHP-GTK. Seu propósito principal é de implementar soluções web velozes, simples e eficientes[21]. Características:

 

Velocidade.

Orientação a objetos.

Portabilidade - independência de plataforma - escreva uma vez, rode em qualquer lugar.

Tipagem dinâmica.

Sintaxe similar a C/C++ e o Perl.

Open-source.

 

Server-side (O cliente manda o pedido e o servidor responde em página HTML)

Características

Em junho de 2004 foi lançada a versão 5 do PHP, introduzindo um novo modelo de orientação a objeto, incluindo a reformulação dos construtores e adição de destrutores, visibilidade de acesso, abstração de objeto e interfaces de objetos.

O tratamento de objetos do PHP foi completamente reescrito, permitindo um desempenho melhor e mais vantagens. Enquanto na versão anterior era preciso muito esforço para atender à orientação a objetos e aos padrões de projetos (alguns não eram possíveis), o PHP 5 veio para sanar essa deficiência. Ainda sofre nesse sentido, contudo, por problemas devido a ser uma linguagem de tipagem fraca.

Idução de tipo

Nesse sentido, foi adicionada uma característica chamada de indução de tipo, de acordo com a qual podemos ter uma certa tipagem quando passamos objetos aos parâmetros de uma função (ou método), algo inconcebível na versão anterior. 

Visibilidade

A visibilidade de uma propriedade ou método pode ser definida com os seguintes modificadores de acesso: public, protected ou private. Itens declarados como públicos podem ser acessados pelo objeto (instância da classe). Membros protegidos estão acessíveis às classes filhas (herdadas). A visibilidade privada limita a apenas a classe que define o atributo ou método.

Polimorfismo

Polimorfismo Paramétrico

No polimorfismo paramétrico, um mesmo objeto pode ser utilizado uniformemente como parâmetro em diferentes contextos sem necessidade de alterações. Um método que exibe polimorfismo paramétrico (também chamada de método genérico) permite que o tipo do seu argumento seja determinado por um parâmetro de tipo implícito ou explícito, executando uma mesma operação, independente do tipo do argumento. O PHP não requer (ou suporta) a definição de tipo explícita na declaração de variáveis: o tipo de uma variável é determinado pelo contexto em que a variável é utilizada. Isto significa que, se você atribuir um valor string para a variável $var, $var se torna uma string

Se você então atribuir um valor inteiro para $var, ela se torna um inteiro. Por isso o PHP não adota este tipo de polimorfismo, pois não possui parâmetros genéricos

Polimorfismo por Inclusão

No polimorfismo por inclusão um objeto pode ser visto como pertencendo a diferentes classes que não precisam ser disjuntas. O PHP adota esse tipo de polimorfismo, pois é uma linguagem orientada a objeto que permite recursos de herança.

Polimorfismo por Coerção

O PHP também suporta o polimorfismo por coerção, no qual a linguagem dispõe de uma operação semântica para converter um argumento para um tipo esperado por uma função, em uma situação que de outra forma resultaria em um erro de tipo.